Notícias

Cientistas detectam vidro em crateras de Marte

Cientistas detectaram fragmentos de vidro nas crateras de Marte, segundo reportagem publicada no UOL nesta terça-feira, 9. Os resíduos teriam se formado por conta do impacto com algum asteroide e podem dar pistas que devem levar à descoberta de vida no planeta. A superfície do planeta foi estudada pelos cientistas Kevin Cannon e Jack Mustard e divulgaram a descoberta na publicação científica Geology.
Para ter certeza de que as partículas eram de vidro, os cientistas fizeram um teste em laboratório: misturaram diversos tipos de poeira com composição parecida com as das rochas e do solo de Marte e colocou o material em um forno para que o vidro fosse formado.  Usando um algoritmo, Mustard capturou sinais semelhantes enviados pelo sistema do veículo da Nasa que tirou as fotos.
Dessa forma, segundo o UOL, os cientistas descobriram que as crateras tinham vidro em suas entranhas. A busca por vidro se baseou em um estudo de 2014, liderado pelo cientista Peter Schultz, da Brown University, nos Estados Unidos. Ele descobriu moléculas orgânicas em partículas de vidro na Argentina, que haviam sido formadas através de um impacto de algum asteroide, milhões de anos atrás. Ao descobrir que havia vidro nas crateras de Marte, os cientistas concluíram que trata-se de uma pista para se descobrir se o planeta já abrigou vida molecular. 
Fonte: SP4 Comunicação 
Foto: NASA/JPL-Caltech/JHUAPL/Univ. of Arizona