Notícias

Maior usina solar flutuante do mundo deverá ser instalada no Japão

A estrutura deverá gerar cerca de 60 megawatts de energia solar

O Japão pretende instalar na superfície de dois reservatórios de água na cidade de Kato, na região de Hyogo, a maior usina flutuante de energia solar do mundo.
A rede contará com 30 estruturas flutuantes, que produzirá cerca de 60 megawatts de energia solar. Os painéis serão fornecidos pela fabricante japonesa de sistemas fotovoltaicos Kyocera, em conjunto com a Century Tokyo Leasing, que disponibilizará as estruturas flutuantes onde os módulos serão implantados.
Empresas locais afirmam que além de resolver o problema da falta de espaço no país, a construção marítima se mostra mais eficiente pelo fato de não atrapalhar a agricultura. As obras da central solar devem ter início neste mês.
Fonte: CicloVivo