Notícias

Faculdade Santa Marcelina oferece pós- graduação em Cultura do Perfume

A Faculdade Santa Marcelina, unidade Perdizes, está com inscrições abertas para o curso de pós-graduação em Cultura do Perfume.
As aulas, direcionadas a profissionais da beleza, perfumaria e cosméticos, tem início em abril de 2014.
Serão apresentadas desde a alfabetização olfativa (educação) à contextualização do perfume, permitindo aos alunos que vivenciem e identifiquem no universo das sensações a apresentação e familiaridade com as notas olfativas.
Além disso, são trabalhadas a vivência dos cheiros e a importância da memória olfativa através de treinamentos e workshops multisensoriais.
O curso tem duração de18 meses, com aulas de terças e quintas-feiras, das 19h às 22h40. O investimento é de R$ 1.053,28/mês.  Associados da Abividro pagam R$ 968,76.
O curso possui as seguintes disciplinas:
– Introdução à Perfumaria e ao Senso Olfativo
– Design Olfativo
– Perfume: o olhar da filosofia
– Marketing Olfativo: Tendências e Oportunidades
– O Consumo e os Sentidos
– Cultura e Estética
– Desenvolvimento de Embalagens
– Comunicação: Nas Arenas do Consumo
– Gestão de Projetos
– Fragâncias e Cosméticos: os princípios da ética e sustentabilidade
– Trends- cores/ formas/ volumes
– História e Mercado da Perfumaria no Brasil
– Branding
– Comunicação nas arenas do consumo
– Marketing de Luxo
– Varejo além da venda
– Sabor e odor
– Fisiologia do Olfato
– Avaliação Olfativa
– Lançamento/marca/produto- Plano estratégico de mkt em perfumaria
Sobre o setor

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) o setor está em alta no país.

O Brasil, por exemplo, foi considerado líder mundial no consumo de fragrâncias e desodorantes em 2012, ano em que as vendas líquidas cresceram 15,62% e atingiram R$ 34 bilhões.

O país segue como terceiro maior player global, com 9,6% de share, atrás somente dos EUA, que tem 15,9% e do Japão, com 10,9%.

A perspectiva é de que o setor repita por aqui até 2017, o crescimento de dois dígitos que vem registrando já há 17 anos, alavancado por fatores como o aumento da expectativa de vida, da renda da classe C e a modernização de fábricas e ganhos de produtividade.

Também pelo lado da indústria, o esforço em inovação tem sido primordial para competir nesse mercado.

As companhias do setor investiram ano passado R$ 13,6 bilhões em ativos, pesquisa e desenvolvimento, e fortalecimento das marcas. O valor é 18% maior que o realizado em 2011.

Mais informações sobre o curso:
www.fasm.edu.br ou (11) 3824-5800 r. 842/ 855/ 849
Fonte: Faculdade Santa Marcelina
pos-perfume 2014 menor