Notícias

Vidro antibacteriano para hospitais

Íons de prata fazem parte do vidro antibacteriano, que mata 99,9% das bactérias

Íons de prata fazem parte do vidro antibacteriano, que mata 99,9% das bactérias

Hospitais e clínicas médicas da Europa já utilizam o vidro antibacteriano para revestimento de ambientes. Isso porque este vidro elimina 99,9% das bactérias, colaborando para evitar a infecção hospitalar.
Esta invenção, que começa a se popularizar nos países europeus, deve contribuir muito com os serviços de saúde. No continente, cerca de 50 mil pessoas morrem anualmente em consequência de infecção hospitalar.
O vidro com ação antibacteriana foi lançado pela AGC em 2007 e pode se tornar uma importante ferramenta na infraestrutura de ambientes estéreis. Além de eliminar bactérias, este vidro também previne a proliferação de fungos.

Como funciona o vidro antibacteriano

Trata-se de um vidro comum que recebe uma aplicação de íons de prata em sua camada superior. Em contato com bactérias, os íons interagem e incapacitam o metabolismo dos micro-organismos, eliminando as bactérias e impedindo sua reprodução.
O efeito antibacteriano funciona mesmo em condições de umidade e variação de temperatura. Sua aplicação é muito utilizada em maternidades, salas de cirurgia e UTI. O vidro é de fácil limpeza e pode ser encontrado em diversas cores.