Notícias

Tecnologia utiliza tubos de vidro a vácuo para aquecer água de residências e indústrias

Um novo aquecedor de água foi desenvolvido para aproveitar energia solar. O produto é uma alternativa para os consumidores conscientes. Através dele, é possível ter água aquecida por um sistema que impacta menos o meio ambiente.
Otubos de vidro aquecedor, batizado de Aquakent, utiliza uma tecnologia de tubos de vidro a vácuo para esquentar grandes quantidades de água. Ele pode ser usado em residências, edifícios, academias, hotéis, hospitais e indústrias.
Os tubos funcionam como isolante térmico, impedindo a perda de calor para o ambiente. O produto exige uma área coletora menor que a dos outros sistemas por ser mais eficiente e, por isso, também ocupa uma área reduzida de instalação, afirma a empresa em seu site.
Além disso, o produto lançado oficialmente na feira de hotelaria e serviços de bares e restaurante Equipotel 2012, em São Paulo, se enquadra às normas de sustentabilidade da certificação LEED.
A nova tecnologia pode substituir os modelos atuais, que prejudicam o meio ambiente, gastam energia elétrica e ainda são caros. Com o sistema ecológico, é possível gerar uma economia de até 80%. A empresa garante que a tecnologia pode ser aplicada desde uma casa popular até uma residência de alto padrão.
“É consenso mundial que a energia solar térmica se tornará um pilar fundamental e indispensável do futuro no mix de oferta de energia mundial. Nosso produto se encaixa como uma solução eficiente para suprir em médio e longo prazo grande parte da demanda de calor e frio nas residências e edificações”, declara o diretor comercial da companhia, Ricardo Kamel.
A empresa brasileira JAMP desenvolve projetos sustentáveis em diversas áreas da economia. Os aquecedores são produzidos na cidade de Ouvidor, em Goiás, e o escritório está localizado em São Paulo. Com informações do Bem Paraná.
Font: site